Sábado, 13 de Junho, 2009

Um menino regressa da escola cansado e faminto e pergunta à mãe:
- Mamã, que há para comer?
- Nada, meu filho.
 
O menino olha para o papagaio que têm na gaiola e pergunta:
- Mamã, porque não há papagaio com arroz?
- Porque não há arroz.
- E papagaio no forno?
- Não há gás.
- E papagaio no grelhador eléctrico?
- Não há electricidade.
- E papagaio frito?
- Não há azeite.
 
E o papagaio, contentíssimo, gritava:
 
- VIVA O SÓCRATES!!!  VIVA O SÓCRATES!!!

sinto-me: A contar os dias que faltam..
publicado por Passinhas às 18:00

Sábado, 24 de Janeiro, 2009

Socialismos.....

Este país do faz-de-conta é cada vez mais uma anedota pegada.
Ora atentem lá nesta coisa vinda no Diário da República nº 255 de 6 de Novembro 2008:

EXEMPLO 1

No aviso nº 11 466/2008 (2ª Série), declara-se aberto concurso no I.P.J. para um cargo de "ASSESSOR", cujo vencimento anda à roda de 3500 Eur (700 contos) mensais,
Na alínea 7:...
" Método de selecção a utilizar é o concurso de prova pública que consiste na ... Apreciação e discussão do currículo profissional do candidato."

 EXEMPLO 2

 No aviso simples da pág. 26922, a Câmara Municipal de Lisboa lança concurso externo de ingresso para COVEIRO, cujo vencimento anda à roda de 450EUR (90 contos) mensais.

Método de selecção:

 Prova de conhecimentos globais de natureza teórica e escrita com a duração de 90 minutos. A prova consiste no seguinte:
1. - Direitos e Deveres da Função Pública e Deontologia Profissional;
2. - Regime de Férias, Faltas e Licenças;
3. - Estatuto Disciplinar dos Funcionários Públicos.
Depois vem a prova de conhecimentos técnicos: Inumações, cremações,exumações, trasladações, ossários, jazigos, columbários ou cendrários.
Por fim, o homem tem que perceber de transporte e remoção de restos mortais. Os cemitérios fornecem documentação para estudo. Para rematar, se o candidato tiver:
- A escolaridade obrigatória somará + 16 valores;
- O 11º ano de escolaridade somará + 18 valores;
- O 12º ano de escolaridade somará + 20 valores.
 No final haverá um exame médico para aferimento das capacidades físicas e psíquicas do candidato.
 

ISTO TUDO PARA UM VENCIMENTO DE 450 EUROS MENSAIS!

 Enquanto o outro, com 3,500!!! Só precisa de uma cunha.

 Vale a pena dizer mais alguma coisa?

sinto-me:
publicado por Passinhas às 12:34

Segunda-feira, 19 de Janeiro, 2009

1) Em Janeiro sobe ao outeiro; se vires verdejar, põe-te a cantar, se vires Sócrates, põe-te a chorar.

2) Quem vai ao mar avia-se em terra; quem vota Sócrates mais cedo se enterra.

3) Sócrates a rir em Janeiro, é sinal de pouco dinheiro.

4) Quem anda à chuva molha-se; quem vota em Sócrates lixa-se.

5) Ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão; parvo que vota em Sócrates, tem cem anos de aflição.

6) Gaivotas em terra temporal no mar; Sócrates em Belém o povinho a penar |

7) Há mar e mar, há ir e voltar; vota Sócrates quem se quer afogar.

8) Março, Marçagão, manhã de Inverno tarde de Verão; Sócrates, grande cabrão, manhã de Inverno tarde de inferno.

9) Burro carregando livros é um doutor; burro carregando o Sócrates é burro mesmo.

10) Peixe não puxa carroça; voto em Sócrates, asneira grossa.

11) Amigo disfarçado, inimigo dobrado; Sócrates empossado, povinho atropelado.

12) A ocasião faz o ladrão, e do Sócrates um aldrabão.

13) Antes só que mal acompanhado, ou com Sócrates ao lado.

14) A fome é o melhor cozinheiro, Sócrates o melhor coveiro.

15) Olhos que não vêm, coração que não sente, mas aturar o Sócrates, não se faz à gente.

16) Boda molhada, boda abençoada; Sócrates eleito, pesadelo perfeito.

17) Casa roubada, trancas na porta; Sócrates eleito, ervas na horta.

18) Com Sócrates e bolos se enganam os tolos.

19) Não há regra sem excepção, nem Sócrates sem confusão.

sinto-me: bem disposto
publicado por Passinhas às 09:38

Segunda-feira, 22 de Dezembro, 2008

Façam a vontade ao pé.....  as vezes que quiserem !!!

 

 

sinto-me:
tags:
publicado por Passinhas às 17:04

Quando o Papa Paulo VI veio a Portugal, vivíamos em 'ditadura', sendo 1º ministro Salazar.

O Papa perguntou-lhe qual o motivo de ter tantos ministros, obtendo seguinte resposta: 

- Santidade, Jesus tinha 12 apóstolos, eu tenho 12 ministros.

 

Em 2009, quando o Papa Bento XVI visitar Portugal e perguntar ao 1º ministro para quê 40 ministros e secretários de estado, este, certamente, responderá: 

- Bem, Santidade... Ali Babá tinha 40 ladrões!

sinto-me:
publicado por Passinhas às 16:44

mais sobre mim
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

21
22
23
24
25

27
28
29
30
31


pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro