Quarta-feira, 12 de Novembro, 2008

Vantagens da palavra “sexo” num blog.

Aumenta muitooooooo  o numero de visitantes , em 30 mnts tive mais de 60 visitas... espectacular

 

sinto-me: a precisar de ferias
tags:
publicado por Passinhas às 16:09

Para rir um pouco...

 

 

Um casal muçulmano preparando o casamento religioso, visita um Mullah buscando aconselhamento. O homem pergunta:

 - Nós sabemos que é tradição no Islão os homens dançarem com homens e mulheres dançarem com mulheres. Mas na nossa festa de casamento, nós gostaríamos da sua permissão para que todos dancem juntos.

- Absolutamente, não! - diz o Mullah - É imoral. Homens e mulheres sempre dançam separados. Definitivamente, não!

- Então após a cerimonia eu não posso dançar nem com minha própria esposa?
- Não - respondeu o Mullah - Dançar com mulher é, e sempre será, proibido no Islão.

- Está bem !! - diz o homem. Bem, e quanto a sexo? Podemos finalmente fazer sexo?
- É claro! - responde o Mullah - Alá é Grande! No Islão, o sexo é bom, dentro do casamento, para ter filhos!
- E quanto a posições diferentes? - pergunta o homem.
- Alá é Grande! Sem problemas! - diz o Mullah.

- E mulher por cima? - o homem pergunta.
- Claro! - diz o Mullah - Alá é Grande. Pode fazer!
- De quatro?
- Claro! Alá é Grande!
- Oral?
- Sim, sim. Sem problemas.
- Anal?
- Sim, sempre que quiserem

- Na mesa da cozinha?
- Sim, sim! Alá é Grande!
- No tapete da sala?
- Por certo, pois vocês estão no aconchego do seu lar.
- Posso fazê-lo, então, com todas minhas quatro esposas juntas, em colchões de borracha, com uma garrafa de óleo quente, vibradores, chantilly, acessórios de couro, pote de mel e vídeos pornográficos?
- Você pode, é claro. Alá é grande!!
- Podemos fazer de pé?

- Nããããoooo! Nunca! Nãããããoooo de jeito nenhum! Diz o Mullah.
- E porque não? Pergunta o homem surpreso.

- Porque vocês poderiam se entusiasmar e... Acabar dançando!

sinto-me: cansado ...
tags: , ,
publicado por Passinhas às 14:07

Terça-feira, 11 de Novembro, 2008

Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca.
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.

De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas inesperadas
Como a poesia ou o amor.

O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel abandonado

Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.

sinto-me: Doente
música: Há palavras que nos beijam
publicado por Passinhas às 13:16

Segunda-feira, 10 de Novembro, 2008

Posso te falar dos sonhos
Das flores
De como a cidade mudou
Posso te falar do medo
Do meu desejo, do meu amor...

Posso falar da tarde que cai
E aos poucos deixa ver
No céu a Lua
Que um dia eu te dei...

Gosto de fechar os olhos
Fugir no tempo
De me perder
Posso até perder a hora
Mas sei
Que já passou das seis...

Sei que não há no mundo
Quem possa te dizer
Que não é tua
A Lua que eu te dei...

Pra brilhar
Por onde você for
Me queira bem
Durma bem
Meu Amor...

Eu posso falar
Da tarde que cai
E aos poucos deixa ver
No céu a Lua
Que um dia eu te dei...

Pra brilhar
Por onde você for
Me queira bem
Durma bem
Meu amor...

Durma bem
Me queira bem
Meu Amor...

A Lua que eu te dei!

 

Composição: Herbert Vianna

 

 

sinto-me: Saudades de casa..
música: A Lua que eu te dei!
publicado por Passinhas às 13:30

Domingo, 09 de Novembro, 2008

Finalmente voltei, após um mês de ausência devido a problemas técnicos, estive sem Internet mais de um mês, mas parece que agora as coisas estão a voltar a normalidade lentamente....

Ah!! Consegui fotografar a chegada do técnico e do seu ajudante, foi um momento espectacular...

argelia

sinto-me: Bem disposto
publicado por Passinhas às 13:21

mais sobre mim
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

14
15

18
20
21

25
27
28



pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

subscrever feeds