Domingo, 14 de Setembro, 2008

Pensas que eu sou um caso isolado
Não sou o único a olhar o céu
A ver os sonhos partirem
À espera que algo aconteça
A despejar a minha raiva
A viver as emoções
A desejar o que não tive
Agarrado ás tentações

E quando as nuvens partirem
O céu azul brilhará
E quando as trevas abrirem
Vais ver, o sol brilhará
Vais ver, o sol brilhará

Não, não sou o único
Não, sou o único a olhar o céu
Não, não sou o único
Não, sou o único a olhar o céu

Pensas que eu sou um caso isolado
Não sou o único a olhar o céu
A ouvir os conselhos dos outros
E sempre a cair nos buracos
A desejar o que não tive
Agarrado ao que não tenho
Não, não sou o único
Não sou o único a olhar o céu

E quando as nuvens partirem


O céu azul ficará


E quando as trevas abrirem


Vais ver, o sol brilhará


Vais ver, o sol brilhará

sinto-me: A espera do céu azul
música: Resistência - Não Sou o Único
publicado por Passinhas às 11:37

mais sobre mim
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

5

12
13

16
19

21
23
26
27

30


pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

subscrever feeds