Sábado, 12 de Abril, 2008

Ontem sexta-feira, dia de folga fomos visitar um mercado semanal que se realiza a poucos km de Mostaganem. Foi fácil dar com o dito cujo pois foi só seguir a enorme confusão de carros e de homens, pois mulheres não vimos nem uma.

A entrada parecia um dos muitos mercados mensais que normalmente acontecem ai em Portugal, mas foi apenas uma ilusão.... 

Nesse espaço encontrava-se um pouco de tudo, venda de automóveis usados, peças de mecânica, de electricidade, electrónica, pneus, roupa, comida, especiarias, doces e guloseimas, venda de animais vivos e mortos. Esta ultima foi uma das coisas que mais me chocou aqui na Argélia, os animais eram mortos em pleno ara livre, depois eram pendurados e limpos como num matadouro, é claro que o sangue, tripas e tudo o que não era comestível ficava espalhado pelo chão, havia uns que tinham um pouco mais de higiene e abriam um buraco na terra onde colocavam esses restos. Mas é muito difícil de explicar o odor que se sentia no ar e ver que ao lado se vendia comida, hortaliça e outros bens de primeira necessidade. Mas como dizem os Argelinos , tudo isso é normal !!

publicado por Passinhas às 14:42


NAda é normal... nem o facto de seres "obrigado" a estar num país como esse, nem o facto de estarmos longe um do outro...

Deixa la amor, pelo menos aprendes a dar valor ao pouco que temos por ca!! Quinta-feira ja podes comer sem pensar nas porcarias que viste por ai...

beijos, amt mt.
joana a 13 de Abril de 2008 às 11:25


mais sobre mim
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

3
4

6
8
9
11

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro